Skip navigation links
A PSP
A PSP Aconselha
Programas Especiais
Recrutamento
Armas e Explosivos
Segurança Privada
Galeria de Media
Protecao_de_dados.aspx
Logo
Optimizado para: IE7+ | firefox 1.5+ 1024 x 768
 
Actividades

LISBOA - PSP Detém Organização de Burla Milionária

O Comando Metropolitano da PSP de Lisboa da PSP, através da Divisão de Investigação Criminal, no dia 17 de novembro, pelas 22h30, na freguesia de Campo de Ourique, em Lisboa, procedeu à detenção, fora de flagrante delito, através de mandado de detenção emitido por Autoridade de Polícia Criminal, de um homem e três mulheres, com idades compreendidas entre os 48 e os 89 anos, por serem suspeitos da prática dos crimes de Burla e Falsificação de documentos.

Os detidos são suspeitos de falsificar documentos capazes de conferir poderes de gerência em determinada empresa para, assim, conseguirem vender património da empresa a potenciais compradores.
Desta forma, conseguiam registar-se como gerentes de empresas para que no ato da escritura de compra e venda dos imóveis não fosse detetada nenhuma irregularidade, fazendo crer que o negócio era lícito e legítimo.

Este grupo, que tem atuado de forma concertada e organizada desde abril de 2016, vem adotando métodos de atuação rigorosos no desempenho desta atividade ilícita, evidenciando metodologias cuidadas e executando as suas tarefas com organização e método, com o intuito de obtenção de lucros para seu proveito.

No decorrer da investigação, foram notórios os conhecimentos e contactos privilegiados que os suspeitos detinham com pessoas que, de forma ilícita, produziam, alteravam ou falsificavam documentos, permitindo que estes fossem utilizados como se de originais se tratassem.

A burla levada a cabo pelos suspeitos levou a que o lesado pagasse 300 mil Euros por um imóvel situado no centro de Lisboa.

Contudo, o verdadeiro dono do imóvel desconhecia que terceiros teriam vendido o respetivo imóvel, falsificando assinaturas e documentos.

Assim, no momento da detenção os suspeitos foram intercetados na posse de vários documentos e de cerca de 70 mil Euros em numerário do BCE.

Foi, ainda, possível localizar uma conta bancária em nome da mulher de 89 anos, com saldo no valor superior a 180 mil Euros, a qual foi suspensa.

Entre o dinheiro e documentos apreendidos, foram também apreendidos vários telemóveis e bilhetes para passagens aéreas.

No decorrer das diligências foi possível também capturar um homem com Mandado de Captura, sendo de imediato conduzido a Estabelecimento Prisional.
Os detidos, sem antecedentes criminais, foram presentes para 1.º interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação mais gravosa de Prisão Preventiva à mulher mais velha, ficando uma outra com Termo e Identidade e Residência e os restantes com Apresentações Diárias.
Links Úteis  ::   Mapa do Sítio  ::   Webmail  ::   Portal Social  ::   YouTube  ::   Facebook  ::   Twitter  ::   Contacte-nos
Desenvolvido por Wiz | Polícia de Segurança Pública © todos os direitos reservados | MAI
Politica de Privacidade
COMPETE QREN MAI RNSI Símbolo de Acessibilidade na Web
Carro