Skip navigation links
A PSP
A PSP Aconselha
Programas Especiais
Recrutamento
Armas e Explosivos
Segurança Privada
Galeria de Media
Protecao_de_dados.aspx
Logo
Optimizado para: IE7+ | firefox 1.5+ 1024 x 768
 
Actividades

Destruição de 2838 Armas

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP), através do seu Departamento de Armas e Explosivos, vai proceder amanhã, pelas 10h30, na Empresa Transucatas Soluções Ambientais, S.A. Estrada do Marco do Grilo – Rua dos Serralheiros, Seixal, à destruição dum total de 2523 armas de fogo e 315 armas brancas, no âmbito do Regime Jurídico das Armas e suas Munições, aprovado pela Lei nº 5 de 2006 de 23 de Fevereiro.

As armas a destruir foram declaradas como perdidas a favor do Estado no âmbito de processos - crime, contra-ordenação ou administrativos, depois de terem sido apreendidas pela Polícia de Segurança Pública e demais autoridades policiais, a nível nacional. Integram ainda o referido lote as armas entregues voluntariamente ao Estado pelos seus detentores ou achadores.

Dado o estado de degradação em que se encontram as pistolas, revólveres, espingardas, punhais, navalhas, espadas, que constituem a quase totalidade do lote das armas a destruir, e a sua inutilidade para a actividade operacional, formativa, cultural, museológica ou outra das forças de segurança, decidiu o Diretor Nacional da Polícia de Segurança Pública mandar proceder à sua adequada e preventiva destruição, o que vai agora acontecer.

Acrescentamos ainda que, desde 2011, a PSP já procedeu à destruição de 6770 armas de fogo e de 6700 armas brancas.

Direção Nacional da PSP, 26 de Junho de 2012

 

 

 

Links Úteis  ::   Mapa do Sítio  ::   Webmail  ::   Portal Social  ::   YouTube  ::   Facebook  ::   Twitter  ::   Contacte-nos
Desenvolvido por Wiz | Polícia de Segurança Pública © todos os direitos reservados | MAI
Politica de Privacidade
COMPETE QREN MAI RNSI Símbolo de Acessibilidade na Web
Carro