Skip navigation links
A PSP
A PSP Aconselha
Programas Especiais
Recrutamento
Armas e Explosivos
Segurança Privada
Galeria de Media
Logo
Optimizado para: IE7+ | firefox 1.5+ 1024 x 768
Skip navigation links
Surveys
Pictures
Documents
Lists
Untitled 1
Mensagem de Natal.aspx
Segurex2001.aspx
Politica de Privacidade.aspx
PSP em Missões Internacionais

A PSP em Missões internacionais

bandeira pt
bandeira UN

A participação da PSP em Missões Internacionais (MI´s), nomeadamente em Operações de Apoio à Paz (OAP) da ONU constitui uma realidade desde Março de 1992 altura em que o Governo da República Portuguesa decidiu a participação de Portugal na componente de Polícia Civil das Nações Unidas na Missão da ONU no território da ex-Jugoslávia.

A PSP foi a primeira força de segurança Portuguesa a participar em missões internacionais da ONU, quando integrou a missão de Polícia Civil na UNPROFOR – Força de Protecção das Nações Unidas na Jugoslávia.

Tendo em consideração o bom desempenho dos profissionais da PSP nomeados para o primeiro teatro de operações em 1992, o Governo Português passou a determinar à PSP a selecção e envio de profissionais de polícia qualificados para integrar missões internacionais, sobretudo da ONU, mas também da OSCE, UEO e mais recentemente, da União Europeia (U.E.).

Ao longo dos últimos 16 anos participaram neste tipo de missões cerca de mil profissionais da PSP em diferentes teatros internacionais.

 Missões de Paz

O espectro de funções que os profissionais da PSP têm desempenhado em missões internacionais tem sido cada vez mais diversificado: funções de Comando e Planeamento, de Formação em Academias de Polícia, de Investigação Criminal, de Informações Policiais, de Ordem Pública, de Segurança Pessoal, de Apoio à Vítima, de Policiamento Comunitário ou de Proximidade, de Trânsito, de Observação Eleitoral, entre outras. Destacam-se as posições ocupadas por Oficiais da PSP como Comandantes da Polícia da ONU em Timor-Leste (na UNTAET, entre 2000 e 2001 e actualmente na UNMIT), na RD Congo (na MONUC em 2003), de Segundos-Comandantes da Polícia da ONU (na UNTAET e UNMISET, entre 2002 e 2004), bem como de Chefe da Missão Policial da U.E. no R.D.Congo (entre 2005 e a presente data).

Esta participação da PSP e de outras forças e serviços de segurança nacionais nestes contextos reafirma a importância do vector de segurança interna na política externa nacional, pois não só a PSP tem contribuído para uma maior visibilidade do nosso País ao nível da importante componente policial da ONU, como a participação de polícias portugueses neste tipo de missões acabou por revestir-se de grande utilidade e impacto na PSP e no País – pela experiência e conhecimentos transportados para a instituição policial e para o desempenho de funções policiais em território nacional.

 Missões de paz
 

 

MISSÕES INTERNACIONAIS

TOTAIS EM MISSÃO a 01JAN2017

 

MISSÃO

TERRITÓRIO

EFETIVO

 

 

ONU

 
MINUSTAH Haiti

1

MINUSCA Republica Centro Africana

1

Missão Colômbia Colômbia

4

   
TOTAIS

6

 

 

  

 

 

Links Úteis  ::   Mapa do Sítio  ::   Webmail  ::   Portal Social  ::   YouTube  ::   Facebook  ::   Twitter  ::   Contacte-nos
Desenvolvido por Wiz | Polícia de Segurança Pública © todos os direitos reservados | MAI
Politica de Privacidade
COMPETE QREN MAI RNSI Símbolo de Acessibilidade na Web
Carro